segunda-feira, julho 19, 2010

Coluna Stadion - Jornal A Voz da Razão de 19/07

Planejamento.
É preciso realmente, planejar o "escrete Canarinho" para 2014. Já. Além dele, o próprio futebol Brasileiro precisa ser replanejado. Mudanças estruturais são necessárias. Exemplo: Clubes com calendários pernetas e jogando 3 meses (até menos) por ano. Clubes agonizando. Quem vai mudar isso?
Vinte em quatro.
A incompatibilidade entre demanda e oferta no transporte (de passageiros e de cargas) aéreo nacional, é fruto da ausência de investimentos nas duas últimas décadas. Ela! - a Copa do Mundo de 2014 - trará soluções para os gargalos do sistema. E se não "tivéssemos" a Copa?
Tudo pela América.
Internacional e São Paulo seguem (como Semifinalistas) de olho na conquista da Copa Libertadores. Os eliminados Corinthians (no ano de seu Centenário) e Flamengo, centram forças no Campeonato Brasileiro. Para salvar o ano.
Tudo Azul no Leão da Ilha.
O experiente Treinador António Lopes assumiu o lugar de Péricles Chamusca no Avai. O time manteve o bom futebol para cima dos Paulistas São Paulo e Palmeiras. Deverá aprontar outras para cima dos chamados "grandes" do futebol Brasileiro.
Começaram.
As duas mais difíceis competições do futebol Brasileiro: As Séries C e D, 3ª e 4ª Divisões respectivamente, exigem "muito esforço" dos participantes. Pouca mídia, raros patrocínios, pequenas bilheterias etc... São 60 clubes participantes: 20 na Série C e 40 na Série D. Ao final, apenas 8 clubes (os quatro que subirem da D para a C e os quatro que subirem da C para a B) terão motivos para comemorar. Aos demais, restarão os compromissos financeiros e a espera da próxima temporada.
Dúvida.
A Segunda Divisão Catarinense, poderá ter desistência antes do começo (em 1º de Agosto) da competição. Parece que em Videira, não está sendo fácil levantar recursos para o VEC participar.
Badminton.
Em 7 e 8 de Agosto no Ginásio do Sesi em Jaraguá do Sul, será realizada a 3ª Etapa do Campeonato Estadual de Badminton. Maiores informações, na Federação Catarinense de Badmiton e pelo site www.badminton.esp.br.
Reflexão:
"A verdade não resulta do número dos que nela crêem". Galileu Galilei
Foto: Federaçao Catarinense de Badminton

Um comentário:

Anônimo disse...

O Brasil vai é tomar pau de novo e jogadndo em casa. Tudo um bando de mercenarios que só querem grana. E ainda mais com os dirigentes que só pensam neles.