terça-feira, março 29, 2011

Especial: Álbum. Eder. Um andarilho do futebol.

Eder(1º em pé) no River Plate Sergipano


Eder (1º agachado) no Free Stars States da África do Sul





Eder (2º em pé) no Naval de Portugal.

O meia Eder (atualmente no River Plate de Sergipe) começou no Avaí de Florianópolis. Em 2002 foi emprestado ao Guarani de Palhoça para a disputa da Segundona Catarinense daquele ano. Não parou mais de rodar. Em 2003 esteve no Metropolitano de Blumenau. Foi para o Paraná e lá vestiu a camisa do Francisco Beltrão e depois a do Coritiba onde disputou a Copa Libertadores da América. Continuou rodando. No futebol Brasileiro (jogou no Nordeste, São Paulo, voltou para Santa Catarina) e fora dele (Portugal e África do Sul).
Eder tornou-se um 'andarilho' do mundo do futebol. Tal qual a grande maioria dos jogadores, que vestem a camisa dos clubes de orçamento menor e sem calendário garantido por mais de 4 ou 5 meses por ano. Estes clubes contratam por um período (prazo) curto e 'exigem' resposta rápida. Eder continua rodando. 'Aguardo sempre novas oportunidades' disse Ede para Stadion. É ele também, um 'andarilho' do mundo do futebol moderno.

Nenhum comentário: