domingo, setembro 02, 2012

Stadion Homenagem: Adeus 'Beijinho doce'.

Morreu ontem no Rio de Janeiro e em decorrência de um AVC, José Carlos dos Santos; que no futebol era apenas Ruço.  Volante contratado em 1975 junto ao humilde Madureira Carioca pelo 'folclórico' Presidente Corinthiano Vicente Mateus para compor o elenco do Alvi-negro de Parque São Jorge, Ruço ficou 'marcado' no coração Corinthiano. Com muita garra, ganhou espaço no time. Ganhou também, o coração do torcedor Corinthiano.
Em 1976 nas Semifinais do Campeonato Brasileiro e no jogo da 'invasão' (mais de 70.000 Corinthianos foram de São Paulo ao Rio para incentivar o time), Ruço marcou o gol do empate (foto) e como sempre, saiu distribuindo beijos para a torcida. Ganhou o apelido de 'Beijinho doce' do Locutor Osmar Santos.
O 'Timao' eliminou (nas penalidades máximas) a 'Máquina Tricolor' de Francisco Horta (com Rivelino & Cia.) mas acabou 'caindo' na partida (única naqueles tempos) final, ante ao Internacional do Treinador Rubens Minelli, que tinha Figueroa, Falcão & Cia. 
Em 13 de Outubro de 1977, Ruço participou da conquista estadual diante da Ponte Preta, quebrando o longo jejum de títulos do clube Paulista.
Além do Corinthians e do Madureira, Ruço jogou ainda entre outros clubes; no Botgafogo, Cruzeiro e no Juventus-SP.
Adeus 'Beijinho doce'.
Foto: AWL
1976: Ruço (entre Geraldão e Neca) marca sobre o Flu e vai comemorar

Um comentário:

Emerson Koch disse...

Mais um ídolo dos meus jogos de futebol de botão que se vai. É a vida, mas é f.... Valeu a lembrança Silvio.