terça-feira, outubro 26, 2010

Séries C e D, Div. Principal, Especial e Acesso: Umas & Outras

Alinhando.
Com 'Calendário Cheio' na temporada 2011, o Brusque alinha metas e objetivos para sua 'arrancada' participando da Recopa Sul-Brasileira 2010, que este ano será realizada no Rio Grande do Sul. Realizada desde 2007, só 'deu' Santa Catarina até agora. Marcilio Dias em 2007, Brusque em 2008 e Joinville em 2009.
Esperando.
Somente na Sexta-feira (14:00 Horas) será 'definido' o caso do América de Manaus e do jogador irregular utilizado na 'Quartona' Nacional. O Joinville segue 'vivo' na competição.
Torcendo.
Os demais clubes Catarinenses sem 'Calendário Cheio' (como Imbituba, Metropolitano de Blumenau e ainda os dois que subirem da Divisão Especial 2010) estarão torcendo 'contra' o Ameriquinha do Norte. Se 'der' Joinville na Sexta-feira, estes quatro clubes é que 'brigarão' pela segunda vaga Catarinense na Série D 2011.
Definindo.
Amanhã será realizada a 8ª e penúltima rodada do Returno da Segundona 2010. Atlético Tubarão, Marciio Dias e Concórdia já estã garantidos no Quadrangular. O Hercilio Luz (foto) e o XV de Outubro de Indaial, estão 'brigando' pela 4ª e última vaga.

2 comentários:

Emerson Koch disse...

Vamos torcer para o JEC ganhar no Tapetão? Ou será que o futebol de Blumenau tem que torcer mais contra os outros do que a favor de si? Deixa a segunda opção para lá, pois a lógica manda o Metrô buscar a vaga sem precisarr concorrer com o JEC, que ainda tem um orçamento bem maior que o nosso, dá-lhe advogados do JEC!!!! Silvio, sem os empréstimos da MIP, será que o Metro encontra um meio de se manter só com os patrocínios? Ou vamos conviver mais um ano com deficit no futebol? Gostaria da tua opinião, quem sabe num futuro post.

Silvio Kohler disse...

Caro Emerson!
Muito bom o seu comentário, a medida em que nos sugere uma definição de nossas condutas/posturas com relação ao futebol de Blumenau. Tenho dito, escrito e falado que (cada vez mais) o futebol é um protudo(atividade) já com um processo(corrente) de concentração/verticalização onde, por certo não existirá espaço para o amadorismo e o dilentatismo ainda fortemente presente na grande maioria dos clubes Brasileiros. Muitos desapareceção. Tenho certeza disso. Por que? Porque mais do que projetos e ações/práticas profissionais, serÃO fundamentais EQUIPES e é claro LIDERANÇAS para estes projetos e ações. O Metropolitano é (em sua concepção) fruto de amadores/sonhadores. Amantes de um futebol em 'extinção'.
Qual o horizonte do Metropolitano? O mesmo de todos que não tiverem a visão para a 'construçãoe de EQUIPES E LIDERANÇAS ""comprometidas"". Isso é válido para a padaria da minha esquina, de sua empresa e por que não, para os clubes de futebol?
Para onde vai o Metropolitano? Vamos postar sim sobre isso.
Um abraço e obrigado pelo privilégio de sua presença.