terça-feira, março 06, 2012

Especial: O 'fim' de um símbolo.

Em 1961 foi o America Football Club que matou grande parte de sua história ao demolir (então com capacidade para 25.000 pessoas) o seu Estádio da 'Rua Campos Sales' na Tijuca. Foi erguido ali, o começo de decadência Americana: a imponente Sede Rubra no nº 118 empurrou o futebol Rubro para o Andaraí e para o Estádio Wolney Braune(com capacidade para modestos 5.000 torcedores e comprado do clube Andaray FC por 60 Milhoes, dinheiro este obtido com a venda do volante Amaro para a Juventus de Turim). Este também seria vendido em 1993 (por US$ 13 Milhões) e lá seria erguido o também 'imponente' Shopping Iguatemi. Por um bom tempo, o futebol do America tornou-se uma pária. Somente em 2000, com a inauguração do 'Estádio do America' em Mesquita na Baixada Fluminense, o futebol Rubro 'voltou' a ter sua casa. O clube é claro, perdeu identidade, vínculos e 'desceu ladeira abaixo'. Quem ganhou com isso tudo? O Tijucano e o Torcedor do America é que não.
Agora é a vez do São Cristóvão. Será que o America fez escola?
O simpático estádio(foto) da Rua Figueira de Melo, poderá ser vendido para uma construtora e assim, ser demolido por conta de projeto imobiliário. A reunião que decidirá a 'sorte' da 'Figueirinha' (assim carinhosamente chamada pelos torcedores) será no dia 13 de Março. A maioria dos conselheiros do Clube Cadete são da sede náutica do clube e assim, a oposição (contrária a venda) é minoria e terá que lutar muito contra o fim de um patrimônio do futebol do Estado do Rio de Janeiro.
7.000 torcedores foram ao jogo inaugural da 'Figueirinha' em 16 de Abril de 1916 em um jogo entre São Cristóvão x Santos que terminou com o placar de 1 x 1. Muitos craques desfilaram ali. Um 'gênio' do futebol - Ronaldo Fenômeno - começou sua carreira na Rua Figueira de Melo. Figueirinha que hoje agoniza. Na falta de amor a história e ao símbolo que é Figueira de Melo. Triste. Triste demais.
Foto: SCFR-AR

Um comentário:

catapara disse...

esqueça isso cara, futebol hoje é dinheiro e nada mais. tradição, amor ao clube e tudo o mais, foram pra lata do lixo. to errado?