quarta-feira, maio 12, 2010

Estádio com recurso público: Macaé sim.

Em Macaé, seguem as obras da 'Arena Macaé' e a expectativa para inauguração da mesma. É de fato a comprovação de que um estádio municipal é uma questão de opção e de definição de prioridade por parte do poder público. Enquanto isso, cidades como Blumenau, Brusque etc... continuam "não merecendo" seu estádio.
Leia abaixo, noticia que reproduzimos -para conseguirmos mostrar a importância que é dada ao estádio por parte do poder municipal Macaense- do site da Prefeitura de Macaé.
""" A Prefeitura de Macaé prossegue em ritmo acelerado as obras de construção do Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, na Barra de Macaé. A primeira fase da obra que inclui a arquibancada dois - voltada para a Rodovia Amaral Peixoto - já está sendo concluída junto à fase de acabamento e revestimento da portaria e secretaria.
- Seguimos todos os padrões recomendados pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil para oferecer aos torcedores macaenses e aos visitantes um estádio moderno e seguro, disse o prefeito, colocando como exemplo o alambrado em policarbonato, que é um material de alta transparência e resistente a impactos e está sendo instalado ao redor de todo o campo.
Além do alambrado ao redor do campo em policarbonato, continuam as construções dos camarotes, cabines de televisão e sanitários públicos. Na primeira quinzena do mês de maio teve início a segunda fase da obra com a conclusão da arquibancada três, a estrutura da cobertura e o começo das obras do mini-shopping atrás da arquibancada voltada para a Rodovia Amaral Peixoto. O secretário de Obras Públicas, Tadeu Campos, informa que o mini-shopping faz parte do projeto do estádio e a construção das lojas segue em ritmo intenso.
A fase três das obras no estádio ainda não está com data confirmada, mas o secretário adiantou que será construída uma escola embaixo da arquibancada. O investimento da prefeitura na obra é de quase R$ 21 milhões. Duzentos e cinqüenta trabalhadores atuam nas obras do estádio que, depois de pronto, vai ocupar uma área de 30 mil metros quadrados, com capacidade para receber 15 mil pessoas, mas é objetivo da prefeitura ampliar, futuramente, a capacidade para 20 mil torcedores.
A inauguração das três arquibancadas cobertas e da infraestrutura do campo para a realização de importantes partidas do campeonato estadual está prevista para o mês de Julho, durante as comemorações do aniversário da cidade.
""""
Têxto: Jornalista Maria Izabel Monteiro.
Foto: Kaná Manhães

Um comentário:

Anônimo disse...

No Brasil é assim mesmo, uns quer ser exemplo e outros mandam bala e torram o dinheiro publico do jeito que bem entendem. Vamos ver quanto irão levar na operação copa do mundo.